Ab
234
431114
Bbm
234
X13321
Cm
234
X35543
D#m
1234
XX1342
Db
234
X46664
Fm
34
133111
Gb
234
244322
Tom: G

Intro: Gb Db Gb Ab Gb Db Ab Fm D#m Cm Bbm Db 
 
                                 Ab      
As raízes do amor brotam mais depressa 
    Gb           Ab     Gb      Ab      Db       
plantadas num coração cheio de bondade 
Bbm     Fm    Db        Bbm     Gb      Ab 
adubada com abraços e muitos carinhos 
                                Db       
e regada com os beijos de felicidade 
Bbm             Db                      Ab       
plantei minha esperança no chão do sei peito 
D#m    Ab                 Fm          Db 
mas o sol do teu desprezo no cruel verão 
Ab                 Bbm   Db          Ab 
não deixou que as sementes criasse raízes 
                Db               Ab            Db 
e secaram na estiagem do seu coração 
 
  Ab 
amor que não tem raízes 
               Cm     Db         
dura pouco ou quase nada 
  Ab 
nasce na boca da noite 
    Db    Bbm        Db 
pra morrer de madrugada 
 
 
Ab  Gb  Db  Ab Fm D#m Ab Db 
 
                                      Ab         
raízes de amor sincero não terminam nunca 
   Gb           Ab    Gb    Ab         Db 
cai o tronco e elas ficam numa longa espera 
      Bbm          Db             Ab 
que a chuva de ternura sobre ela cheguem 
                               Db 
para se vestir denovo numa primavera 
   Fm           Db              Ab      Cm       
o amor que eu perdi meu deixou raízes 
Ab                               Db 
hoje apenas num aceno que ela me fez 
            Ab       Db               Ab 
num longo abraço apertado nos reconciliamos 
                   Db                  Ab              
e no peito sinto aurora brilhar outra vez
Composição: Colaboração e revisão: