As Três Namoradas

Tião Carreiro e Pardinho

A
123
X02220
D
123
XX0232
E
123
022100
Tom: G
#1t1#Solo:
   A                  E
#1t2#E|---------------------------|
B|---------------------------|
G|---------------------------|
D|-----O-2-4-2---------------|
A|-O-4---------4---4-7-7-6-5-|
E|---------------5-----------|#/1t2##/1t1#

#2t1#                    A       E         A
#2t2#E|-4-5-7-5-4-O-O-----------------2-4-5-|
B|-5-7-9-7-5-2-2-3-2-2-3-4-5-4-5-------|
G|---------------4-2-------------------|
D|-------------------------------------|
A|-------------------------------------|
E|-------------------------------------|#/2t2##/2t1#

A                                E
 Eu tive três namoradas em minha vida
                          D     A
A primeira foi Rosana com cinco aninhos
                         E
Eu tinha a idade dela e imaginava
                           D  A
Que a vida fosse apenas um brinquedinho
                                    E
Um dia ela foi embora eu fiquei chorando
                        D    A
O primeiro desengano eu senti bem cedo
                                    E
Na inocência de criança não compreendi
    D              A     E          A
Porque a vida quebrou o nosso brinquedo

(Solo)

A                               E
 A segunda namorada durou bem menos
                       D    A
Eu tinha quatorze anos e ela também
                                  E
Me lembro o quanto sofremos na despedida
                               D    A
Por entender os espinhos que a vida tem
                               E
Eu sabia que ao perder um amor na vida
                      D   A
É bem difícil um dia recuperar
                                 E
E só encontrei de novo nos braços de outro
     D                      A     E        A
Quando ela entrava na igreja para se casar

(Solo)

A                                E
 A terceira eu já tinha meus vinte anos
                      D    A
E essa Deus a levou para nunca mais
                                 E
Foi esse o golpe maior que eu tive na vida
                               D   A
Por morarmos em dois mundo tão desiguais
                                   E
A primeira posso um dia encontrar ainda
                      D  A
A segunda pode um dia se divorciar
                                 E
A terceira nunca mais eu verei porque
   D               A     E          A
Lá do céu não há caminho para regressar
#3t1##3t2#E|-------------2-4-5---5-|
B|-2-3-4-5-4-5-------5---|
G|-----------------------|
D|-----------------------|
A|-----------------------|
E|-----------------------|#/3t2##/3t1#
Composição: Colaboração e revisão: munir nasser